A área central de Gramado é cortada por duas Avenidas bem conhecidas: a Avenida Borges de Medeiros, considerada um shopping à céu aberto, com suas lojas, chocolaterias e cafés, que proporcionam momentos inigualáveis de lazer, e a Avenida das Hortênsias, marcada pela grande quantidade de restaurantes, cafés coloniais e fondues.

Sua natureza exuberante, ampla rede hoteleira e gastronômica, aliadas ao charma da cidade e aos grandes eventos transformaram Gramado em uma cidade reconhecida no Brasil e no exterior.

O Festival de Cinema de Gramado - Cinema Brasileiro e Latino lançou a cidade no circuito nacional de eventos e, o Natal Luz, levou Gramado além fronteiras, figurando-se como o maior evento natalino do Brasil e um dos mais importantes do mundo.

O turismo cresce exacerbadamente nesta cidade, que contém apenas 34 mil habitantes. O Poder Público junto com a garra do povo gramadense, marcado pelo seu empreendedorismo, fizeram e ainda fazem de Gramado modelo e referência em gestão. Gramado não se acomoda, ela sempre quer mais! A cidade busca oferecer aos seus visitantes um leque de oportunidades para que eles sintam vontade de retornar. A cada ano surgem novidades tranformando cada visita em um momento único.

Com o crescimento anual do número de visitantes surgiu a vontade e a necessidade de mostrar um novo nicho turístico. O Agroturismo vem ganhando um espaço de destaque mostrando as origens de Gramado. O interior do município invadiu o centro da cidade através dos investimentos visíveis do Poder Pùblico.

A Praça das EtniasNo coração de Gramado, formada por uma casa alemã, uma italiana e uma portuguesa, que enaltecem as origens de Gramado. Nela encontram-se os Fornos, Feira Orgânica, Casa do Colono, Memorial Italiano e, dela partem também, os passeios de Agroturismo. Um espaço planejado para valorizar e disseminar a cultura do homem do campo. Na Praça das Etnias, o turista vive momentos de lazer e entretenimento, em um local florido e arborizado, de bela arquitetura, que remete ao passado aguerrido dos ancestrais que colonizaram Gramado. (Avenida Borges de Medeiros, ao lado da Rodoviária)., zona nobre da cidade onde une-se a cultura portuguesa, italiana e alemã, as quais colonizaram a cidade, é ponto de visitação carimbado, sendo cenário para muitas recordações fotográficas. Ali ainda encontram-se os FornosCucas e pães fresquinhos, além de biscoitos, apfelstrudel, os famosos pãezinhos de linguiça e os pães light são comercializados nos Fornos. Comunidades de Gramado comercializam seus produtos em um sistema de rotatividade, fomentando o agronegócio. (Borges de Medeiros, ao lado da Rodoviaria - Quartas, sextas, sábados e domingos, das 6h às 20h30)., onde o turista pode adquirir pães e cucas quentinhos preparados com todo o carinho pelos descendentes de colonizadores. Para aqueles que cuidam com mais atenção de suas refeições, na Praça das Etnias também acontece a Feira OrgânicaVerduras, legumes, frutas, geleias, mel, doces, compotas, vinhos, sucos, temperos, massas e pães são algumas das delícias comercializadas na Feira Orgânica de Gramado, no Espaço Francisco Oberherr, da Praça das Etnias. Para aqueles que buscam mesa farta, alimento sadio, limpo, cultivado sem agrotóxicos e sem fertilizantes químicos, este é o lugar! (Avenida Borges de Medeiros, ao lado da Rodoviária - Sábados, das 7h as 12h)., que comercializa uma infinidade de legumes, verduras e frutas recém colhidas.

Compotas, geleias, queijos e vinhos são alguns dos produtos oferecidos aos visitantes na Casa do ColonoA Casa do Colono comercializa produtos confeccionados no interior da cidade. São geleias, linguiças, vinhos, biscoitos, conservas, enfim, tudo aquilo que atiça o paladar da comunidade e visitantes. O turista encanta-se desde a entrada com a arquitetura alemã da casa, que remete ao passado dos colonizadores da cidade. (Bores de Medeiros, ao lado da Rodoviária - Diariamente, das 9h as 12h e das 13h30min as 18h)., um dos locais mais visitados em Gramado.

A cultura, costumes e a história dos primeiros italianos que chegaram em Gramado é contada no Memorial ItalianoInaugurado em 15 de junho de 2013, conta com dois andares, um feito em madeira e um em pedra maciça, onde foi instalado um acervo de itens utilizados pelos colonos italianos. A casa foi construída no interior de Gramado em 1937, por Claudino e Angélica Peteffi, e em 2013 transportada ao Centro de Gramado. Nada foi retirado da residência, desde móveis e utensílios, até livros e fotografias, do período de colonização de Gramado, por volta de 1900. (Borges de Medeiros, ao lado da Rodoviária - Visitação diária, das 9 as 19h)., onde os turistas são recepcionados por descendentes compartilhando suas experiências e lembranças.

Ainda na Praça das Etnias tem partida os Passeios de AgroturismoSair da zona urbana, conhecer lugares de bela natureza, provar a mesa colonial farta e respirar ar puro são, na maioria das vezes, os motivos que levam centenas de turistas ao interior de Gramado, por meio dos cinco Roteiros de Agroturismo que saem da Praça das Etnias: Tour do Vale, Raízes Coloniais, O Quatrilho, Caminhos Linha Ávila e Roteiro Criativo Várzea/Serra Grande. Além de cunho turístico, os passeios valorizam o agronegócio gerando novas oportunidades para os agricultores de Gramado. (Compra de ingresso na Avenida Borges de Medeiros, ao lado da Rodoviária, das 9h as 16h, sem fechar ao meio dia)., que levam o visitante a lugares inesquecíveis rodeados por uma natureza exuberante. Gramado oferece cinco roteiros: Tour do Vale, Raízes Coloniais, O Quatrilho, Caminhos Linha Ávila e Roteiro Criativo Várzea/Serra Grande. Ambos contam a história dos ancestrais que construíram Gramado e fizeram desta terra um lugar aconchegante para morar e constituir família. Duas grandes festas enaltecem o turismo rural e oportunizam centenas de famílias do interior a mostrar seu potencial valorizando suas tradições e cultura. Na Festa do ColonoUm momento de confraternização que acontece em alguma Sociedade da zona rural, com mesa farta da culinária típica do interior, muita dança e animação, além de ser o momento da escolha da Rainha e Princesas da próxima Festa da Colônia., marcada por um saboroso almoço e jogos populares, é escolhida a Corte da Festa da ColôniaDurante o evento, um dos mais queridos pela comunidade, os costumes do homem do campo renascem e ganham força através da gastronomia, apresentações de bandinhas típicas e espetáculos artísticos como o Origens, além do Desfile de Carretas, que encanta a comunidade e visitantes. A programação, por sua vez, começa com bastante antecedência, durante a Festa do Colono, no ano anterior a grande confraternização, quando são escolhidas Rainha e Princesas da Festa da Colônia., que movimenta Gramado durante sua realização.

AGROTURISMO DE GRAMADO

Gramado, situada à 115km da capital gaúcha, Porto Alegre, é conhecida pela sua infraestrutura turística, composta por uma ampla rede hoteleira, que oferece desde uma simples hospedagem até hotel seis estrelas, diversificada rede gastronônica, desde os pratos típicos e coloniais à requintados pratos da culináia internacional, ruas arborizadas, praças bem cuidadas, além do clima ameno e agradável, que juntos, conseguem reunir no município mais de cinco milhões de turistas por ano.

A Cidade Jardim das Hortênsias esbanja elegância com sua arquitetura europeia e encanta visitantes com seus pontos turísticos como a Rua Coberta, Praça Major Nicoletti, Palácio dos Festivais, Igreja Matriz São Pedro, Lago Negro, Lago Joaquina Rita Bier, Belvedere, além dos diversos parques que a cidade oferece.

Saiba Mais